Implante dentário dói? Conheça o procedimento

Muita dúvida surge para quem deseja realizar o implante dentário dói. Uma delas, é se a cirurgia causa algum tipo de dor. A resposta a essa dúvida é não. Todo o processo de colocação dos pinos de titânio para substituição das raízes é feito com assistência da anestesia local. O pós-operatório também é simples, com o uso da medicação correta, nenhuma dor ou inflamação irá incomodar o paciente ou fazer com que haja complicações depois do procedimento.

Como é feita a cirurgia

O primeiro passo da instalação do implante dentário dói é o corte na gengiva. Com essa pequena incisão, o leito ósseo é exposto e o dentista possui acesso ao local para instalar o implante corretamente. Em seguida brocas pequenas perfuram o osso. O procedimento é feito progressivamente pelo implantodontista, isso garante o melhor encaixe para cada tamanho de cada implante selecionado.

Os últimos passos consistem na instalação dos pinos de titânio na cavidade aberta. O profissional, por fim, coloca uma tampa de proteção no implante dentário dói e fecha a gengiva com uma sutura. Os dentes definitivos não são colocados nesse momento, isso porque é necessário um tempo de repouso e de adaptação. O paciente, no entanto, sai do consultório com próteses provisórias para realizar as atividades do dia a dia.

Para o pós-operatório, é preciso estar atento a alguns cuidados:

  • Não consumir alimentos duros;
  • Não fumar para conservar os dentes;
  • Escovação após as refeições;
  • Idas regulares ao dentista.

Quais são os tipos de implante dentário dói?

O implante pode ser colocado em diversas técnicas e para repor os dentes parcialmente ou totalmente. Tudo depende da avaliação do dentista acerca sobre o caso e também da estrutura óssea do paciente, que, se não for adequada, poderá receber um enxerto. A primeira técnica disponível é a de implante dentário dói ósseo integrado. Nela, os pinos de titânio são fixados pela cirurgia no maxilar. Depois de quatro a seis meses, com adaptação e recuperação do corpo, uma nova cirurgia é realizada, retirando os dentes provisórios e conectando os oficiais.

O implante dentário dói com prótese protocolo é uma versão na qual toda uma arcada é alterada. São instalados de quatro a oito pinos, com parafusação realizada somente pelo dentista. O modelo é fixo, não permitindo que o paciente o retire para fazer a higienização, no entanto, os resultados o fazem a melhor opção para quem não deseja ter dentadura.

Por último, a prótese overdenture é um dispositivo removível. Diferentemente da protocolo, nesse modelo são fixados de dois a seis pinos. Existe a possibilidade de remoção para limpeza, assim como uma dentadura, mas com uma vantagem: pela base metálica, existe uma estabilidade e segurança elevadas.

Dr. Alex Claro Guilger

Graduado na faculdade de odontologia de piracicaba - FOP-UNICAMP - (2009) Atualização Básica de Implantodontia na Fundecto (fundação para Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Odontologia- USP). Aperfeiçoamento “ Esculturas Dental Com Resinas Compostas em Dentes Anteriores e Posteriores “ promovido pelo Prof. Ronaldo Hirata 2010/32h Curso enceramento diagnóstico “ Técnicas das Visões” ( Marcelo Giatti) 2010/60h; Curso Intensivo em Estética Adesiva – UNESP (Araçatuba) 2008/40h; Curso Especialização em Prótese São Leopoldo Mandic (Prof.Sidney Kina) Maio 2010/2012.