Tratamento com especialista em ortodontia corrige posição dos dentes

Dentes tortos ou com encaixe incorreto podem ser um problema para a saúde bucal por impedirem que sejam mantidos limpos profundamente. Além disso, eles podem causar estresse aos músculos de mastigação, ocasionando dores de cabeça. Para detectar e solucionar esse problema corretamente, é necessário procurar um especialista em ortodontia.

Alguns dos seguintes problemas podem ser corrigidos com o uso de aparelhos indicados pelo especialista em ortodontia:

  • Sobremordida;
  • Mordida cruzada;
  • Mordida aberta;
  • Diastema.

O tratamento ortodôntico é feito com a instalação de aparelhos fixos ou móveis para a correção das falhas. Além disso, eles ajudam durante a movimentação dos dentes, à retração dos músculos e da alteração do crescimento da mandíbula. O melhor procedimento será escolhido pelo especialista em ortodontia a partir da gravidade do problema de cada paciente.

Aparelhos fixos

Existem três modelos desse tipo de aparelho. O primeiro deles é o aparelho fixo comum, que é feito de bandas, fios ou bráquetes. As bandas são fixadas em um ou vários dentes e são usadas como suporte para o dispositivo. Os bráquetes ficam na parte externa, enquanto os fios os envolvem e, em movimento de tração, puxam os dentes para a posição correta.

O aparelho fixo especial é indicado é para os pacientes que possuem o hábito de chupar o dedo ou tem a língua presa. É um modelo que causa desconforto ao comer e é escolhido pelo especialista em ortodontia apenas em último caso.

O modelo mantenedor de espaço fixo é usado para os pacientes que perderam o dente de leite precocemente para proteger o espaço até que o dente permanente cresça.

Aparelhos móveis

Existem diversos aparelhos móveis utilizados por especialista em ortodontia para consertar os defeitos. Entre eles estão niveladores, aparelhos reposicionadores de mandíbula e mantenedores de espaço.

O primeiro deles é uma alternativa para os aparelhos fixos. Eles movem os dentes da mesma forma que os aparelhos fixos, mas sem utilizar os fios de aço e os bráquetes. Eles possuem a vantagem de serem invisíveis e removíveis para que o paciente possa comer, escovar os dentes e usar o fio dental.

O segundo tipo é também chamado de tala. É um aparelho escolhido pelo especialista em ortodontia para ou no maxilar superior ou na mandíbula e ajuda para que ela feche em uma posição melhor. Por último os mantenedores de espaços móveis também tem a função de manter espaços abertos para que outros dentes nasçam. Esse tipo é feito com uma base acrílica e envolve os dentes a serem separados por braços de plástico ou de arame.

Dr. Alex Claro Guilger

Graduado na faculdade de odontologia de piracicaba - FOP-UNICAMP - (2009) Atualização Básica de Implantodontia na Fundecto (fundação para Desenvolvimento Científico e Tecnológico da Odontologia- USP). Aperfeiçoamento “ Esculturas Dental Com Resinas Compostas em Dentes Anteriores e Posteriores “ promovido pelo Prof. Ronaldo Hirata 2010/32h Curso enceramento diagnóstico “ Técnicas das Visões” ( Marcelo Giatti) 2010/60h; Curso Intensivo em Estética Adesiva – UNESP (Araçatuba) 2008/40h; Curso Especialização em Prótese São Leopoldo Mandic (Prof.Sidney Kina) Maio 2010/2012.